Ter um sorriso bonito, branco e alinhado é o desejo da maioria das pessoas, não é mesmo? Felizmente, hoje em dia, os tratamentos estéticos odontológicos estão mais acessíveis e eficazes, o que ajuda, e muito, a realizar esse sonho.

Aliás, muita gente acha que isso é apenas vaidade, mas saiba que ter um sorriso perfeito abre mais portas, pois a pessoa se sente mais autoconfiante e com a autoestima lá em cima.

Quer saber quais são os 7 procedimentos que deixam os dentes ainda mais bonitos? Então, continue a leitura, pois é sobre isso que falamos neste post. Acompanhe!

1. Clareamento dental

Esse é um dos mais procurados. Afinal, o sorriso branquinho está em alta e deixa qualquer pessoa encantada. Existem dois tipos de clareamento: o caseiro e o feito no consultório — ambos são prescritos pelo dentista.

No primeiro, o profissional receita a fórmula clareadora e o paciente deve utilizar com o auxílio de uma moldeira em casa. O tempo necessário para o branqueamento quem avaliará também será o dentista, mas, geralmente, dura em torno de 21 dias.

O segundo faz efeito mais rápido, pois o profissional acelera a ação da fórmula clareadora por meio de led ou laser. Ele é indicado para quem precisa ter os dentes brancos em pouco tempo, porém, dá mais sensibilidade.

2. Faceta de porcelana

As facetas são como capas bem finas que revestem dente por dente. Dessa maneira, elas podem modificar o tamanho, o formato e a cor deles para ter uma harmonia melhor do sorriso. Algumas das indicações são:

  • fechar espaços entre os dentes;
  • clarear de forma definitiva, principalmente para fumantes;
  • aumentar os dentes para proporcionar um sorriso mais adulto em quem tem dentes muito pequenos.

Para fixar as facetas é necessário o desgaste do esmalte dental, o que gera medo em muitas pessoas. No entanto, o resultado é tão incrível que vale muito a pena. Com bons cuidados elas podem durar de 10 a 15 anos.

3. Gengivoplastia

Várias celebridades estão se rendendo a esse tratamento estético, pois deixa o sorriso mais harmônico e elegante. A gengivoplastia é uma cirurgia plástica feita na gengiva para diminuir a porção que recobre os dentes.

Muita gente se incomoda com gengivas grandes, até porque isso deixa um aspecto infantil, já que, na maioria das vezes, os dentes ficam pequenos e quadrados. Ela também é indicada por quem tem problemas com inflamação recorrente nas gengivas

O procedimento é feito pelo dentista sob anestesia local para que o paciente não sinta qualquer tipo de dor. A recuperação dura em torno de 15 dias e é bem tolerada na maioria das pessoas que passam pela cirurgia.

4. Aparelho ortodôntico

O aparelho ortodôntico pode ser considerado tanto estético quanto funcional. Os dentes tortos incomodam os pacientes que ficam com vergonha de sorrir, além de favorecer problemas na respiração, na fala, na mastigação e, até mesmo, para fazer uma boa higienização bucal.

Atualmente, é possível encontrar diversos tipos desses aparelhos, como o tradicional todo em metal ou os estéticos que são feitos em material transparente e ficam mais discretos.

Não há um tempo determinado para o tratamento ortodôntico, pois cada caso é um caso. Alguns pacientes usam entre 1 e 2 anos, já outros precisam usar por mais do que esse período.

5. Alinhadores dentais

Os alinhadores dentais têm a mesma função do aparelho ortodôntico, porém, com indicações específicas e algumas vantagens. Eles são placas transparentes e removíveis que o paciente troca periodicamente até os dentes chegarem no lugar.

Eles são muito discretos, tanto que também são chamados de alinhadores invisíveis. Com ele, o paciente não precisa fazer a manutenção mensal no consultório, já que basta descartar a placa e colocar uma nova conforme a orientação do dentista.

Por ser móvel, permite a facilidade na higienização e para se alimentar. Lembrando que o uso deve ser de, pelo menos, 22 horas por dia para ter o alinhamento dos dentes no tempo estipulado.

6. Lentes de contato dental

Elas são a evolução das facetas de porcelana. Isso porque são mais finas e discretas, além de não precisarem de um desgaste intenso no esmalte dental para serem fixadas. Dessa maneira, preservam mais os dentes e têm resultado mais natural.

No entanto, vale dizer que elas não servem para todos os casos em que as facetas são indicadas, como dentes muito escuros. Sendo assim, somente o dentista é capaz de avaliar e recomendar se as lentes dentais dão conta ou se será preciso as facetas de porcelana.

7. Implantes dentários

Os implantes também atuam na parte estética e funcional do sorriso, pois a falta de um ou mais dentes prejudica muito a qualidade de vida do paciente. Eles substituem a dentição com eficácia e devolve o bem-estar do indivíduo.

Hoje, é possível colocar o implante de duas maneiras: a tradicional e a guiada. Na primeira, são feitos pequenos cortes na gengiva em que pinos de titânio são parafusados para receberem a prótese dental.

Nela é preciso levar pontos e o pós-operatório demanda um maior cuidado. Já na outra, a guiada, é feito um guia a partir do molde 3d da arcada dentária e, então, o dentista sabe exatamente onde fazer os furos para implantar os pinos.

Desse jeito, não é necessário dar pontos e a recuperação é mais rápida. Independentemente de qual seja a técnica utilizada, os benefícios do implante dentário são incríveis.

Vale lembrar que é importante procurar uma clínica odontológica de confiança e com profissionais capacitados para realizar os procedimentos. No final das contas, o que vale é a nossa saúde bucal, não é mesmo?

Os tratamentos estéticos odontológicos devolvem a autoestima do paciente e o deixam mais autoconfiante. Ter um sorriso bonito faz a gente se sentir bem e em paz com o espelho, e isso ajuda em vários aspectos da vida, como o profissional, o social e, até mesmo, nos relacionamentos amorosos.

Gostou do nosso post? E que tal saber mais sobre o assunto? Então, baixe gratuitamente o nosso e-book sobre estética bucal: saiba com o clareamento e a faceta te deixarão com um sorriso perfeito e confira as nossas informações sobre o assunto!