A higiene bucal deve ser uma das prioridades na rotina de cuidados diários de qualquer pessoa. A escovação, aliada ao uso do fio dental, é a melhor alternativa para isso. Contudo, imprevistos acontecem e você pode se encontrar em uma situação em que esqueceu a escova em casa.

Nesses momentos, vale a pena saber como escovar os dentes sem a escova. Assim, é possível, ao menos, tentar reduzir o acúmulo de placa bacteriana e dar uma renovada no hálito.

Pensando nisso, preparamos este artigo para você conhecer melhor 5 dessas técnicas e saber como usá-las caso surja uma necessidade. Confira!

1. Use o fio dental

Parte essencial do processo de higienização bucal, o fio dental pode ser usado mesmo que você não tenha uma escova de dentes para fazer a limpeza completa. Ele consegue alcançar espaços que nem mesmo as escovas atingem, sendo fundamental para a retirada de restos de alimentos depois das refeições.

Portanto, procure sempre ter um fio dental na bolsa ou até mesmo nos ambientes que você frequenta — como o seu local de trabalho. Existem embalagens bem práticas que não ocupam muito espaço e ajudam você a evitar aquele visual desagradável de sorrir com algum resíduo de comida entre os dentes,

2. Coma uma maçã

Consumir fibras é uma outra maneira de promover a higiene oral naturalmente, já que enquanto você mastiga o atrito com a superfície do dente vai fazendo uma espécie de limpeza.

E a maçã é um dos alimentos mais indicados para isso, assim como a pera ou uma cenoura, que acabaram ficando conhecidos como detergentes por essa função. Logo, se você estiver saindo de um almoço sem uma escova por perto e avistar uma maçã, recorra a ela.

3. Coloque creme dental na toalha de papel

Ao perceberem que esqueceram a escova de dentes em outro lugar, algumas pessoas costumam umedecer uma toalha de papel com água e colocar um pouco de creme dental sobre ela.

Então, com a ajuda dos dedos, esse papel é passado por toda a superfície dentária na tentativa de retirar a sujeira superficial. Mas, se você for repetir isso em algum momento, não se esqueça de enxaguar toda a boca depois do processo para não ficar com o produto na boca.

4. Mastigue uma goma de mascar

A goma de mascar não serve apenas para refrescar o hálito, mas pode ajudar também a manter a saúde bucal mais protegida. Ao mastigá-la, a salivação é estimulada e o pH da boca tende a ser neutralizado.

Com isso, há uma redução da acidez que dificulta que a desmineralização dos dentes e que a cárie seja formada. Apenas fique atento para escolher uma versão de goma de mascar sem açúcar, já que essa substância não faz bem para a saúde bucal.

5. Utilize o enxaguante bucal

Talvez seja mais fácil você carregar uma escova de dentes do que um enxaguante bucal, mas pode ser que esteja em um local que tenha um desses produtos disponíveis no banheiro.

Se isso ocorrer, leia as instruções e faça um bochecho utilizando o enxaguante. Embora ele não seja tão eficiente, será capaz ao menos de renovar o hálito e ajudar a reduzir a ação bacteriana na sua boca.

Por fim, é fundamental ter em mente que nenhuma dessas técnicas é capaz de substituir uma boa e completa escovação. Elas devem ser utilizadas apenas em raros momentos, sem deixar que isso se torne uma prática recorrente.

E aí, gostou de conhecer outras formas de escovar os dentes sem a escova? Lembre-se que manter o acompanhamento com um dentista regularmente é essencial para a sua saúde bucal. Para saber mais sobre o assunto, leia também 7 hábitos diários que ajudam a prevenir a cárie.