Escova de dentes: como escolher a ideal para você!

4 minutos para ler

Algumas pessoas acham que escovas de dentes são todas iguais. Mas você já deve ter reparado que existem vários tipos de modelo e tamanho de escovas, além daquelas com cerdas mais macias ou mais rígidas. Mas, afinal de contas, qual delas é a melhor escolha para obter o melhor resultado na hora da escovação?

Para não cometer qualquer tipo de erro no momento de escolher qual escova de dentes utilizar, preparamos um texto para ajudá-lo a selecionar aquela que seja ideal para você.

Opte por escovas de cerdas macias

Para a grande maioria das pessoas, salvo alguns casos específicos, a escova de dentes com cerdas macias e arredondadas é a escolha correta. Além disso, na hora de comprar sua escova, dê preferencia àquelas com tamanho uniforme, em que todas as cerdas tenham a mesma altura.

Segundo especialistas no assunto, a cerda macia é mais que suficiente para atender a todas as exigências odontológicas para uma boca limpa e saudável, destruindo a placa bacteriana acumulada ao longo do dia sem agredir sua gengiva ou a superfície do seu dente.

Existem casos de pacientes com retração na gengiva, que causa exposição da raiz do dente. Isso ocorre devido a uma escovação mais agressiva, provocada pelo uso de escovas com cerdas médias ou duras a longo prazo.

Por isso, na hora da escovação, lembre-se: mesmo que mais flexíveis, as cerdas macias darão conta da higienização de todos os seus dentes.

Esqueça os modelos mirabolantes

Um dos ditados mais sábios é o de que menos é mais. E isso pode ser aplicado também na escolha da sua escova de dentes. Quando se deparar com inúmeros modelos disponíveis atualmente, lembre-se de que aquela com cabo reto e cabeça em um formato pequeno e arredondado é a melhor para uma escovação de qualidade.

O cabo reto evita que você esbarre em outras partes da sua boca ao escovar os dentes, como os lábios. Já o formato menor e mais arredondado da cabeça da escova permitem que os dentes do fundo sejam alcançados sem grandes esforços, permitindo uma escovação completa e de qualidade.

Dessa forma, evite as escovas com formatos “inovadores”, com cabos em formatos mirabolantes e com a cabeça muito grande e quadrada, pois isso pode atrapalhá-lo e machucá-lo no momento da escovação.

Atenção aos casos especiais

Existem alguns casos específicos para os quais a utilização de uma escova diferenciada pode ser o ideal.

Alguns modelos de escovas elétricas, por exemplo, são adequadas para quem tem problemas de coordenação motora, já que ela desempenhará essa função ao executar os movimentos circulares necessários para a correta escovação.

Quem usa aparelhos odontológicos, por exemplo, pode necessitar daquelas escovas com poucas cerdas e com um formato diferenciado, específicas para alcançar partes dos dentes que as escovas tradicionais não alcançam. Devido ao seu formato e tamanho diferenciados, esse tipo de escova é capaz de alcançar locais que a escova convencional não seria capaz de chegar, já que esses aparelhos são feitos de pequenas peças que exigem um cuidado redobrado na limpeza para evitar o acúmulo de sujeiras.

Deu para perceber como é importante ser criterioso no momento de escolher uma escova de dentes adequada para cada situação? Esperamos que com essas dicas você possa escolher aquela que seja ideal para você, proporcionando máxima limpeza e garantindo a saúde dos seus dentes e da sua boca. Se você gostou desse texto, deixe um comentário em nossa página e tenha acesso a muitos outros conteúdos sobre saúde bucal.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário