Estalos na mandíbula são sinais de DTM? Venha descobrir!

3 minutos para ler

Você tem sentido estalos na mandíbula com frequência enquanto se alimenta, fala ou sorri? Se sim, fique alerta: é possível que esteja com algum problema na estrutura responsável por funções importantes do nosso corpo, como a mastigação.

Muita gente se pergunta se esses estalos se tratam de alguma disfunção na ATM, a articulação temporomandibular. Para responder a essa dúvida, é preciso consultar o médico especializado. Apenas esse profissional tem condições de investigar a real causa do problema e tratá-lo adequadamente.

Neste post, você vai descobrir se existe alguma relação entre os estalos na mandíbula e a DTM (disfunção temporomandibular), quais as causas desse sintoma, os demais sinais associados e as formas de tratamento. Acompanhe!

Há relação entre os estalos na mandíbula e a DTM?

A resposta é sim. Portanto, se você sente sua mandíbula estalar enquanto fala, come ou simplesmente boceja, é fundamental agendar uma consulta com o médico para investigar a origem do problema. Afinal, sintomas ainda mais desagradáveis podem aparecer se nada for feito.

A ATM é uma importante região do corpo. Ela liga o osso da mandíbula ao osso do crânio e permite que nossas funções — fala, por exemplo — sejam executadas normalmente. Problemas clínicos nas articulações do maxilar, nos músculos da mastigação e em todas as outras estruturas dessa área são o que chamamos de DTM.

Quais as causas dos estalos e os outros sintomas associados?

Sabemos que estalos na mandíbula são sinais de DTM. Essa disfunção está associada a diversos eventos, tais como estresse emocional, traumas, bruxismo, hábitos como roer unhas e mascar chicletes, distúrbios do sono, má postura, artrite na ATM, entre outros.

O estalo é apenas uma das manifestações e pode indicar o início da disfunção na ATM. Quando acompanhada de dor e dificuldade para movimentar a mandíbula, o sinal de alerta deve ser ligado. Mas há outros sintomas relacionados. São eles:

  • dores de cabeça e nos ouvidos;
  • dores na face e nos músculos mandibulares;
  • sensibilidade muscular;
  • zumbidos;
  • vertigem.

Como solucionar os estalos mandibulares?

Antes de tentar encontrar alguma solução para os estalos na mandíbula, é preciso descobrir qual é a razão do sintoma. Se o diagnóstico de DTM for confirmado, será necessário realizar tratamento com um cirurgião-dentista especializado.

Porém, existem diferentes abordagens para tratar o problema. Além do acompanhamento odontológico, pode ser preciso recorrer a profissionais de outras áreas, como fisioterapeuta, fonoaudiólogo, psicólogo, endocrinologista e neurologista.

Placas de mordida e compressas frias podem reduzir as dores e os estalos na região da mandíbula. Exercícios para relaxamento muscular também podem contribuir de forma significativa para o tratamento. Mas há casos que exigem prescrição de medicamentos (anti-inflamatórios, principalmente) ou até mesmo intervenção cirúrgica.

Enfim, vimos que os estalos na mandíbula estão diretamente associados às disfunções na ATM. Caso perceba ou sinta esse e os demais sintomas relacionados, a recomendação é procurar o médico especializado de imediato. Ele fará o diagnóstico e seguirá com o tratamento mais adequado, devolvendo a você qualidade de vida e bem-estar.

Está com algum problema bucal ou na mandíbula? Entre em contato com o CROOL e agende uma consulta com nossos especialistas para solucioná-lo o mais rápido possível!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário