Existe tratamento para Bruxismo? Saiba aqui!

4 minutos para ler

O bruxismo é um mal que afeta muitas pessoas, mas com frequência não é percebido por quem tem a doença. Em casos mais críticos, pessoas próximas chegam a escutar o som do ranger dos dentes.

Por ser incômodo e poder gerar diversos problemas, muitos se perguntam se existe tratamento para o bruxismo. Leia agora e tire todas as suas dúvidas!

Conhecendo o bruxismo

O que é o bruxismo

O bruxismo é um transtorno funcional em que a pessoa aperta a mandíbula ou range os dentes de forma inconsciente. Ele é muito comum durante o sono, embora possa aparecer também durante o dia.

Primeiros sinais

Os primeiros sintomas de bruxismo costumam ser percebidos ao acordar, quando a pessoa sente dores de cabeça e nos dentes de forma inexplicável. Como os dentes são esfregados fortemente uns aos outros, pode-se notar, depois de um tempo, um considerável desgaste do esmalte dental.

Em certos casos, o ranger dos dentes é tão alto que a pessoa pode até acordar com o barulho. Também é comum que outras pessoas percebam o problema e alertem o indivíduo com bruxismo.

Principais causas

As causas do bruxismo são até hoje pesquisadas e discutidas pela ciência, mas a comunidade médica ainda não chegou a um consenso. Entre as principais causas possíveis, destacam-se a má oclusão (fechamento) da mandíbula, dentes tortos, reflexos de dores no ouvido e na garganta (principalmente em crianças) e consequência do refluxo gástrico.

Pesquisas feitas atualmente apontam uma relação entre pessoas de personalidade forte com o bruxismo. Há também causas psicológicas associadas, como estresse, ansiedade, raiva e tensão, além do consumo de certas substâncias, como cafeína e drogas.

Como é o tratamento para bruxismo

O primeiro passo a tomar quando há a suspeita de bruxismo é visitar o dentista. Ele é o profissional indicado para todos os assuntos relacionados à saúde bucal e dos dentes. Ao identificar os primeiros sintomas, o dentista saberá como agir e qual caminho seguir.

Uso de medicamentos

Analgésicos e anti-inflamatórios são usados para conter a dor e diminuir o inchaço local, lembrando que toda a região do crânio pode ser afetada, e por isso a cefaleia e a enxaqueca são frequentes. Antibióticos são utilizados quando a causa do problema são infecções bacterianas no ouvido ou na garganta. Fique atento!

Aparelhos e placas dentais

Com o avanço da tecnologia, já existem aparelhos próprios para quem tem bruxismo. Esses aparelhos são como placas colocadas nos dentes superiores, nos inferiores ou em ambos. São feitas de acrílico e devem ser reguladas pelo dentista de tempos em tempos, podendo ser usadas tanto durante o dia quanto ao dormir.

Há também casos em que o bruxismo só poderá ser contido a partir do momento em que problemas secundários forem sanados. Por exemplo, para alguns pacientes, o uso de aparelhos odontológicos tradicionais é indicado para correção da mandíbula e da carga dentária, para que assim o bruxismo seja corrigido.

Reeducação para mudança de hábitos

Como a doença pode ser causada pelo uso de certas substâncias, o tratamento do bruxismo também pode incluir o abandono de hábitos como o consumo de álcool, cigarro ou outras drogas. Evitar o consumo de café e outras bebidas com cafeína também pode fazer parte do tratamento, já que a substância tem efeito estimulante.

Utilização de métodos alternativos

O bruxismo tanto pode ser resultado de fatores físicos ou emocionais quanto pode ser consequência deles. Portanto, em certos casos é necessário o auxílio de outros profissionais da área médica para auxiliar no tratamento, como fonoaudiólogos, psicólogos ou fisioterapeutas, dependendo da área afetada.

Após o tratamento, recomenda-se a reparação dos dentes desgastados conforme indicação do dentista, já que o esmalte dos dentes é muito importante para a proteção dentária.

Em muitos casos, o bruxismo não é percebido por quem tem a doença, o que pode gerar efeitos colaterais desagradáveis e muito desconforto. Felizmente, com o avanço cada vez maior da medicina, já existem tratamentos práticos, rápidos e eficazes para bruxismo.

E então, restou alguma dúvida sobre o tratamento para bruxismo? Compartilhe conosco aqui nos comentários!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário