Apesar de todas as técnicas preventivas e tratamentos odontológicos, há casos em que é necessário fazer a extração de dente na terceira idade. Essa é uma situação delicada, que exige preparo do profissional para lidar com possíveis complicações.

Por isso, quando há necessidade de extrair um dente é muito importante que o procedimento seja realizado por um profissional experiente, em uma clínica com boa estrutura. Pensando nisso, preparamos este artigo para mostrar por que é necessário tratar essa situação com cautela.

Continue lendo para entender em quais casos é necessário fazer a extração do dente de uma pessoa idosa, os riscos que isso pode trazer e o que é preciso fazer para minimizar ao máximo as chances de complicações. Acompanhe.

Quando é necessário fazer a extração de dente na terceira idade?

A extração de um dente não é a primeira recomendação de um dentista. O foco da odontologia é preservar os dentes naturais, mas nem sempre isso é possível em função do quadro apresentado pelo paciente.

Então, com o intuito de manter o equilíbrio da saúde bucal e orgânica é preferível extrair o dente problemático. Afinal, uma infecção que começa na boca, por exemplo, pode atingir outros órgãos e abalar a saúde de um modo geral.

Sendo assim, esse procedimento é recomendado em casos de:

  • cárie extensa: são aquelas muito profundas e que comprometeram uma boa parte da estrutura do dente, impossibilitando a restauração dele;
  • periodontite severa: quando a inflamação ou infecção está muito agravada e abalou severamente os tecidos de sustentação;
  • traumas dentários: quando um dente sofre uma fratura em função de traumas e acidentes e não é possível recuperá-lo, como no caso de fratura de raiz;
  • dentes inclusos: são aqueles que se encontram impossibilitados de erupcionarem completamente ou estão totalmente inclusos no tecido.

A decisão de extração de dente na terceira idade é tomada, em conjunto, pelo dentista e pelo paciente. É importante ressaltar que o especialista não recomenda o procedimento se ele não for realmente necessário, mas tudo é conversado com a pessoa para que ela compreenda por que a técnica está sendo adotada e o que pode acontecer se não for feita.

Quais são os riscos desse procedimento?

Como todo procedimento cirúrgico, a extração de dente na terceira idade pode oferecer riscos de complicações, seja durante a execução seja no pós-operatório. Mas é possível realizar a técnica de forma segura adotando cuidados pré-operatórios e analisando muito bem a saúde do paciente.

É importante que o especialista conheça o quadro clínico geral do indivíduo, para observar se ele está apto a passar por essa cirurgia. É fundamental ter cautela com diabéticos, cardíacos e hipertensos, cujo organismo é mais sensível.

Com a administração de medicamentos antes da cirurgia, bem como realizando a profilaxia antibiótica, a extração do dente é feita com segurança. De toda forma, algumas situações que podem ocorrer são:

  • infecções;
  • sangramento;
  • inchaços.

Para minimizar esses riscos, além dos cuidados antes do procedimento, é preciso a colaboração do paciente após a extração. É necessário tomar a medicação recomendada pelo especialista no tempo certo e manter uma dieta mais líquida e pastosa, para evitar lesões no local operado.

Outra medida importante é a adequada higienização bucal durante esse período. Ela é fundamental para evitar a proliferação de bactérias, mas deve ser feita com cautela e seguindo as recomendações do cirurgião para não ferir o tecido.

Também não podemos esquecer que após a extração de dente na terceira idade, assim como em qualquer outro momento da vida, é necessário substituí-lo. Isso porque, quanto mais tempo o dente permanece faltoso, maiores são as chances de acontecer a perda óssea.

Esse quadro dificulta o tratamento com implantes, porque a quantidade de tecido ósseo se torna insuficiente para a fixação deles. É possível, posteriormente, fazer um enxerto, mas para minimizar a complexidade do procedimento é preferível realizar a substituição o quanto antes.

Todo idoso precisa extrair dentes?

Há quem julgue comum pessoas idosas não terem os dentes naturais, associando essa condição ao envelhecimento. Não podemos negar que a idade avançada realmente aumenta as chances de desenvolvimento de problemas bucais, mas o fato de alguém estar na terceira idade não implica que naturalmente perderá os seus dentes.

A perda pode ser evitada com medidas preventivas, como os cuidados em casa e as visitas periódicas ao dentista. Além disso, uma boa alimentação garante os nutrientes que o organismo precisa para manter os dentes saudáveis. Também é necessário acompanhar e controlar doenças como a diabetes.

Dessa forma, minimizamos as chances de problemas bucais severos, cuja solução é a extração dentária. Mas também é importante saber que o dente perdido pode ser substituído por implante ou prótese, permitindo que o indivíduo tenha a arcada dentária completa e não perca em funcionalidade ou estética.

Onde fazer a extração de dentes em Goiânia?

Quando realizada da forma correta, a extração de dente na terceira idade é feita de uma forma rápida, confortável e segura. Para que isso aconteça é fundamental escolher um dentista experiente.

Em Goiânia, procure por uma clínica que tenha uma boa estrutura, tanto para realizar o procedimento quanto para adotar outras medidas, caso haja alguma complicação. Por essa razão, é importante que você escolha com cautela o local e o especialista que ficará responsável pelo caso.

Para que você escolha o melhor profissional em Goiânia, veja algumas dicas:

  • prefira consultar-se com um odontogeriatra;
  • peça recomendações para pessoas conhecidas ou outros especialistas do ramo;
  • pesquise clínicas e profissionais com credibilidade e experiência nesse tipo de procedimento;
  • analise a opinião e satisfação de pacientes antigos;
  • observe a estrutura da clínica;
  • veja se há investimento em tecnologia;
  • procure saber sobre a formação do especialista.

Quando você tiver feito sua escolha, agende uma consulta de avaliação para conversar com o dentista e esclarecer suas dúvidas. Dessa forma, você terá certeza de que o tratamento será realizado em um espaço que pode oferecer todo o suporte necessário e tendo o apoio de bons profissionais.

A extração de dente na terceira idade, embora exija cuidado e atenção, não é um procedimento tão complexo. Ela pode ser feita com total segurança e garantia de uma boa recuperação para o paciente, mas escolha com cautela a clínica e o profissional. Assim você receberá o melhor atendimento e todo o suporte que precisa, antes e depois da cirurgia.

Ainda tem dúvidas sobre a extração de dente na terceira idade? Então entre em contato conosco e converse com nossos especialistas!