Por que a maloclusão dentária deve ser tratada o quanto antes?

3 minutos para ler

Chamamos de maloclusão dentária o desequilíbrio ou o desalinhamento entre as arcadas dentárias superior e inferior. O problema pode provocar transtornos e disfunções na região bucal, como nos dentes, nos músculos, na gengiva, nas articulações, nos ligamentos e nos ossos da face.

Em condições normais, a arcada superior é um pouco mais ampla que a inferior; logo, encobre ligeiramente a dentição inferior. A maloclusão, por outro lado, provoca o mau encaixe dentário e mandibular.

Neste post, mostramos quais são as causas e as consequências da maloclusão nos dentes e falamos sobre as formas de tratamento. Confira!

Quais são as causas da maloclusão dentária?

As causas da maloclusão dentária são múltiplas. Sendo assim, é preciso fazer uma cuidadosa investigação para descobrir a origem do desalinhamento e tratá-lo de maneira adequada. A seguir, elencamos o que pode levar a tal quadro. Veja:

  • mastigação inadequada, como usar mais um lado da boca do que o outro;
  • tensão exacerbada no maxilar;
  • desgaste nos ossos da face;
  • hábito de chupar o dedo ou uso exagerado de chupetas;
  • perda dentária;
  • problemas de crescimento no osso maxilar e do esqueleto;
  • doenças na gengiva;
  • deslocamento da mandíbula decorrente de acidente;
  • língua maior que a cavidade bucal ou o céu da boca;
  • hereditariedade.

Quais são as consequências do desalinhamento dentário?

A maloclusão dos dentes gera uma série de consequências desagradáveis para o paciente, que englobam desde problemas na dentição até o comprometimento de outras estruturas anexas no sistema mastigatório. São elas:

  • desconforto para falar e mastigar;
  • dores de cabeça e no pescoço;
  • aparecimento de cáries;
  • problemas periodontais;
  • desgaste e fratura nos dentes;
  • alteração na estética facial;
  • problemas na articulação temporomandibular;
  • zumbidos;
  • retração gengival, o que pode levar à sensibilidade dentária ao consumir alimentos gelados ou quentes;
  • dentes expostos;
  • enfraquecimento do esmalte dentário;
  • má postura e problemas na coluna.

Como tratar a maloclusão nos dentes?

Diferentes métodos são indicados para tratar o desalinhamento ou a maloclusão, a depender da gravidade do problema. Conheça-os!

Uso de aparelho ortodôntico

Esse é o método mais comumente utilizado para tratar a maloclusão e, assim, realinhar os dentes de maneira adequada. O período de tratamento varia de seis meses a dois anos, conforme o grau do problema.

Colocação de prótese

A colocação de prótese pode ser necessária para assegurar que os dentes se posicionem adequadamente. Em alguns casos, pode ser preciso remover dentes. Ambos os procedimentos são realizados no mesmo período de uso do aparelho ortodôntico, se houver necessidade.

Cirurgia

A intervenção cirúrgica é a última alternativa para solucionar os casos de maloclusão dental. Chamada de cirurgia ortognática, ela é feita quando o aparelho não corrige os desalinhamentos. Trata-se de um procedimento invasivo, que exige uma série de cuidados no pós-operatório.

Para evitar o avanço da maloclusão dentária, é fundamental visitar o dentista regularmente. Assim, o problema pode ser identificado ainda no início, e o tratamento será muito mais rápido e tranquilo. Apenas um profissional qualificado tem condições de fazer um diagnóstico preciso e indicar o método mais eficaz para cada paciente.

O post foi útil? Aproveite a visita e conheça as causas e os tratamentos para os dentes trincados!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário