Escovar os dentes é uma atividade quase automática para a maioria das pessoas, repetindo o mesmo ritual que aprenderam quando crianças. Mas mesmo com todo esse tempo de experiência, pode ser que você não esteja fazendo a escovação da maneira correta e não escolhendo os melhores tipos de escovas de dentes.

O acessório, que muitas vezes é pouco valorizado, pode ser a diferença entre uma escovação perfeita e o surgimento de diversas doenças bucais.

Se você quer garantir que sabe qual escova de dente escolher e as diferenças entre as opções, continue a leitura!

Escolhendo a escova com cuidado

Escovar os dentes é uma das partes fundamentais da higiene bucal. É com ela que se eliminam restos de alimento que se acumulam no interior da boca, permitindo a criação de placas bacterianas que leva a uma série de consequências negativas para a saúde de sua boca.

A má escovação pode trazer uma série de complicações, das mais simples às mais complexas. Problemas incômodos como o mau hálito e o surgimento de cáries podem ser facilmente impedidos com uma boa higiene.

Mas os riscos vão além: gengivites, periodontites e até mesmo endocardite bacteriana, que é quando as bactérias presentes na boca atingem o coração, podendo levar até a morte.

Escovar os dentes corretamente é coisa séria e deve ser feito com atenção. Para saber como escolher a escova ideal é essencial conhecer as diferenças entre cada modelo e qual atende melhor você. No próximo tópico mostraremos as principais características.

Maciez das cerdas

Além de tamanho, formato e até aquelas que têm uma coloração diferente para indicar a necessidade de troca, a maciez desempenha um importante papel no desempenho da escovação.

Na maioria dos casos as mais indicadas são as extramacias ou macias, que promovem uma boa limpeza bucal sem desgastar o esmalte dos dentes ou causar lesões nos tecidos da boca.

Um dos maiores problemas de se optar por escovas de cerdas duras ou médias é o risco de desgaste da estrutura dentária e da região das gengivas. Dependendo da agressividade da escovação, elas podem causar problemas como a hipersensibilidade e a retração da gengiva.

As escovas de tipo mais duro são somente indicadas nos casos de próteses dentárias, apliques ou dentaduras, sendo recomendado para uma boa limpeza os movimentos suaves e circulares.

Formato

Atualmente, no mercado existem tipos de escovas de dente de todos os tamanhos e modelos, mas as mais recomendadas são as de cabeça pequena e arredondada por facilitarem a escovação e o alcance de regiões mais difíceis e delicadas.

Essa recomendação é ainda maior para pacientes que mantiveram os sisos ou têm a abertura da boca limitada.

Tipos de escovas de dente

Para além das especificações das características de cada escova, também existem modelos específicos para cada necessidade. Entre os principais, estão:

Escova de dente elétrica

Muitas pessoas acreditam que as escovas elétricas são superiores às comuns, mas isso não é verdade, sendo que as tradicionais podem levar ainda uma vantagem. Esse modelo é mais indicado para pessoas com dificuldades motoras ou como motivação para criação de hábito nas crianças.

Escova de dente unitufo

As escovas unitufo são ideais para a limpeza de regiões difíceis, podendo complementar a eficácia da escovação tradicional e o uso do fio dental. Elas limpam individualmente cada dente, podendo ser usada também por quem usa aparelho ortodôntico.

Escova interdental

O principal objetivo da escova interdental é promover a limpeza entre os dentes, eliminando restos de comida e bactérias que se acumulam nessa área. Ela pode substituir o fio dental, mas o ideal é que sejam usados de maneira conjunta.

Escova ortodôntica

As escovas ortodônticas são indicadas para quem usa aparelho fixo, pois facilitam o processo de escovação. Suas cerdas são em formato de v, o que ajuda no processo e aumenta a eficácia da limpeza.

Agora que você conhece os tipos de escovas de dente, ficará mais fácil escolher da próxima vez.

Lembre-se sempre de consultar o dentista e cuidar da conservação de sua escova para uma boa higiene bucal. Para saber mais sobre como cuidar da saúde de sua boca, baixe o nosso guia do sorriso perfeito.