Problemas no dente: quando buscar atendimento para implante?

4 minutos para ler

Você sabia que existe atendimento de urgência e emergência para quem está com problemas no dente? Ainda que as duas modalidades de consulta sejam comumente vistas como iguais, é importante diferenciá-las.

A emergência é uma situação bem grave ou que representa perigo de vida para o paciente, por isso, deve ter preferência máxima de atendimento. Já a urgência não apresenta um perigo de vida iminente, mas, ainda assim, deve ser tratada rapidamente.

No caso da odontologia, é mais comum que aconteçam urgências. Isso pode se dar por diversos motivos, mas, neste artigo, mostramos quando buscar atendimento emergencial ou de urgência para casos de pacientes com implantes. Continue a leitura!

Quais os possíveis problemas no dente após o implante

Para quem perdeu um ou mais dentes, o implante pode se revelar como a principal solução. Ele é feito de titânio, agindo como se fosse a raiz do dente, de modo a possibilitar a posterior fixação de uma prótese.

Como o titânio é biocompatível, não existem chances de o corpo rejeitá-lo. No entanto, isso não indica que não possam surgir problemas no dente após o procedimento.

Isso porque é possível que surjam contaminações antes ou depois da inserção da peça na gengiva, o que exige bastante atenção na escolha do profissional e nos cuidados pós-operatórios. O que também pode ocorrer é a quebra ou frouxidão do parafuso, ocasionando a mobilidade dele.

Quando procurar auxílio odontológico

Se você colocou implante e percebeu que ele está quebrado, frouxo ou o dente está infeccionado, é necessário procurar a ajuda de um profissional da odontologia.

Nessas situações, a busca deve ser por um atendimento de urgência, já que não se configuram como riscos à vida. É importante lembrar que a emergência deve ser acionada em situações bem mais graves, como em caso de traumatismos causados por acidentes.

De qualquer forma, é necessário não negligenciar qualquer situação atípica que esteja ocorrendo após a inserção do implante, desde incômodos na alimentação até a quebra da peça, ocasionando intensas dores.

Em relação à quebra, é necessário fazer a substituição da peça. Mas, para que isso aconteça, é importante esperar o tempo de recuperação do osso a fim de inserir um novo implante.

No entanto, é possível que ocorra a perda óssea permanente, o que vai acarretar na realização do enxerto ósseo para fazer a inserção do implante, recuperando, assim, a base óssea necessária para fazer o procedimento.

Dessa forma, a inserção de um implante não é garantia de que o seu dente permanecerá intacto após o procedimento, pois podem ocorrer situações que demandam atendimentos. Isso mostra a necessidade de continuar cuidando corretamente da sua saúde bucal, mantendo-se alerta a qualquer tipo de irregularidade.

Isso também demonstra a importância de contar com profissionais capacitados para a realização do procedimento, caso contrário, você pode ter consequências negativas, como o parafuso solto ou infecções na gengiva, necessitando, assim, de mais tratamentos.

Nesse tempo de pandemia, tornou-se ainda mais necessário atentar para a adaptação que as clínicas estão fazendo quanto à urgência e emergência, em relação a atendimento de implantes e demais casos, visando fornecer a biossegurança necessária.

Então, para lidar corretamente com problemas no dente, consideramos fundamental escolher um centro odontológico capacitado e seguro para lidar com diferentes casos de urgência e emergência. Para isso, você pode contar com a Crool, que oferece diversas especialidades odontológicas para promover uma saúde bucal saudável aos seus pacientes.

Se você gostou deste texto, vale a pena entender melhor sobre a rejeição de implante!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário