A falta de um ou mais dentes compromete não somente a estética, mas também a funcionalidade da boca, como a mastigação e a fala. Felizmente, a odontologia criou recursos para substituir essa perda, e a mais nova delas é a prótese dentária 3D. Você já ouviu falar?

Ela tem o mesmo papel que as próteses convencionais: suprir os dentes extraídos. No entanto, traz uma inovação tecnológica que torna o procedimento ainda mais rápido e muito mais eficiente. Quer saber como? Então, continue a leitura, pois é sobre isso que trataremos neste post, acompanhe!

O que é a tecnologia 3D?

A tecnologia 3D faz parte da odontologia digital — área que utiliza equipamentos modernos para captação de imagens em perfeita resolução e confecção de materiais odontológicos de maneira a facilitar o trabalho do dentista e trazer melhores resultados  e conforto aos pacientes.

Ela usa scanners e softwares de computador que reproduzem de maneira fiel todas as estruturas da cavidade bucal. Com isso, é possível:

  • pré-visualizar e programar um tratamento ortodôntico;
  • fazer implantes com maior conforto e sucesso;
  • produzir, por meio de impressoras 3D, próteses, coroas, alinhadores dentários, moldes das arcadas e outras peças odontológicas.

Como é feita a prótese 3D?

Agora que já sabe o que a tecnologia 3D é capaz de fazer, que tal aprender sobre a produção de uma prótese 3D? A princípio pode parecer complicado, mas esse procedimento é mais simples do que você imagina!

Primeiro, o dentista capta as imagens da cavidade bucal com scanners, inclusive o do tipo intraoral. Ele serve para criar um molde digital das arcadas dentárias. A partir daí, o dentista consegue estabelecer os parâmetros para a confecção da prótese por meio da impressora 3D, que imprime a peça com perfeição.

O material utilizado para a fabricação pode ser o filamento ABS ou a resina, por exemplo. Além dessa máquina, há também a fresadora, que esculpe um bloco da matéria conforme o modelo estipulado, e é bastante utilizada na odontologia 3D.

Quais são as vantagens?

A verdade é que a tecnologia veio para trazer mais comodidade, conforto e eficiência para o nosso dia a dia. Com a prótese 3D, isso não poderia ser diferente. Ela é indicada tanto para quem precisa substituir um ou poucos dentes quanto para quem necessita usar a prótese total. Além do mais, ela atende tanto às prioridades do paciente quanto as do dentista, trazendo resultados incríveis!

Conforto

O modelo do arco dental feito da maneira tradicional é um processo incômodo que pode sujar o paciente e trazer desconfortos, principalmente para quem tem sensibilidade. Ele é feito com uma moldeira com certo tipo de massa e colocado nas arcadas. Isso pode causar ânsia, náuseas e dor.

Já com os scanners, todas as etapas são indolores e sem a utilização de nenhum outro material que não os equipamentos. Por conta disso, é muito mais confortável e um procedimento bem mais rápido.

Rapidez

Enquanto a prótese tradicional leva pelo menos 15 dias para ficar pronta, já que o trabalho é todo artesanal e manual, a 3D pode ser feita em poucos minutos dentro da própria clínica dentária. Isso mesmo! O paciente já pode sair do consultório satisfeito em uma única sessão, dependendo do caso.

Precisão

Na retirada do molde para o modelo da arcada de gesso são necessárias a habilidade do profissional e a colaboração do paciente. Sendo assim, é uma técnica mais passível de erros. Além do mais, a confecção da prótese convencional quase sempre precisa de ajustes.

A prótese dentária 3D é precisa, pois os aparelhos tiram as imagens com alta resolução, o software tem capacidade para gerar um modelo fiel ao original e a impressora faz exatamente o que é solicitado.

Estética

Geralmente, as próteses tradicionais podem apresentar colorações diferentes dos demais dentes do paciente. Na impressão em 3D é possível controlar a cor do material em que a peça será impressa. Dessa maneira, o resultado é mais estético e a prótese 3D fica imperceptível aos demais dentes.

Saúde

Você sabia que é possível imprimir uma prótese dentária 3D que evita infecção? Pois é isso mesmo! Com essa tecnologia pode-se confeccionar a peça composta com material que libera uma substância antifúngica enquanto o paciente está usando. Assim, a boca fica livre dos problemas bucais relacionados. Interessante, não é?

Por que optar pela prótese 3D?

Primeiramente, é importante dizer as razões de se usar uma prótese dentária. Muita gente acha que, quando não há a perda total da dentição, é só uma questão de estética, mas não é bem assim. As pessoas que têm a falta de um ou mais dentes sofrem com a mastigação e a fala, que ficam prejudicadas.

Além disso, o espaço entre os dentes modifica a posição de todos os outros (ficam tortos), e isso pode afetar o sorriso e até mesmo fazer com que amoleçam. Por isso, se você perdeu a dentição, não deixe de procurar um dentista para analisar o seu caso.

Agora vamos para a prótese 3D: com tudo o que afirmamos até agora, fica fácil entender por que a tecnologia 3D é uma tendência sem volta. Por isso, optar por esse tipo de prótese dentária é, sem dúvida, o melhor caminho para quem precisa substituir parcial ou totalmente os dentes com maior conforto, estética, segurança e rapidez.

Embora essa inovação já esteja no mundo todo há uns anos, poucas clínicas brasileiras têm como base a odontologia digital. Portanto, se você pretende usufruir desses procedimentos procure alguma clínica que seja especializada e que conte com essa técnica, como o Centro Odontológico CROOL, em Goiânia.

Viu como a prótese dentária 3D pode facilitar tudo e trazer mais qualidade de vida e bem-estar? Não deixe de viver os momentos prazerosos com quem você ama por conta da insatisfação com o seu sorriso. Para isso, é fundamental uma relação de confiança com um dentista 3D capacitado.

Gostou do nosso artigo? E que tal saber os nossos conteúdos em primeira mão? Então, assine a nossa newsletter agora mesmo e receba tudo na sua caixa de e-mail!