Saúde Bucal: entenda mais sobre a inflamação na gengiva

4 minutos para ler

A nossa saúde bucal é muito importante. Afinal de contas a saúde dos nossos dentes também depende dela. A inflamação na gengiva, por exemplo, é uma doença causada pela falta de higiene bucal e afeta não apenas a gengiva como também o osso que sustenta e envolve o dente. Perigoso, não? Confira nosso artigo e saiba mais sobre o assunto.

O que é a inflamação da gengiva

É um tipo de doença periodontal que pode acontecer em três estágios. O menos grave é a gengivite, causada pelo acúmulo de placa bacteriana que se forma quando não se escova os dentes com a frequência necessária e da maneira correta ou quando não se usa o fio dental. Caso não haja o tratamento imediato, a doença pode avançar outros estágios mais graves que é a periodontite e a periodontite avançada.

Principais causas

A falta de uma higiene adequada permite a formação de placas bacterianas, principais causadoras da inflamação gengival. Se a placa não for removida ocorre a formação do tártaro (também chamada de cálculo dental) uma placa mais dura e mais difícil de ser retirada. Apenas um dentista consegue remover o tártaro através do procedimento da raspagem.

Sinais e sintomas

A inflamação na gengiva é bem fácil de ser identificada porque os seus sinais e sintomas ficam logo visíveis. São eles:

  • Gengiva inchada, sensível à dor e mais vermelha;

  • Dentes amolecidos;

  • A gengiva sangra facilmente ao usar a escova ou o fio dental;

  • Dor aguda na hora de mastigar alguns alimentos;

  • Gosto ruim na boca e mau hálito constante;

  • Gengiva retraída dando a impressão de dentes mais compridos;

  • Formação de pus em torno dos dentes;

  • Dentes sensíveis a alimentos e bebidas geladas ou muito quentes;

  • As gengivas afastam os dentes formando uma bolsa entre eles.

Como manter a saúde bucal

Assim como a maioria das doenças é possível prevenir a inflamação na gengiva. Mantendo uma boa higienização você consegue evitar o acúmulo de bactérias e a formação do tártaro. Idas ao dentista pelo menos uma vez a cada seis meses é essencial para manter a boa saúde da gengiva.

Na hora de escovar os dentes, faça isso de forma completa. Escove todos os lados dos dentes, língua, gengiva, paredes e também o céu da boca. Usar o fio dental pelo menos uma vez ao dia, de preferência na última escovação, é indispensável. Outro produto que você deve colocar como hábito é um bom enxaguante bucal, que consegue ir em lugares que o fio ou a escova não conseguem.

Tratamentos

O tratamento vai variar de acordo com o estágio no qual a doença se encontra. Pode ser realizada a raspagem e também o alisamento radicular para tratar as bolsas que são formadas, reduzindo assim a inflamação. Isso será necessário caso dela já estar bastante avançada.

Outros tratamentos bastante conhecidos são a gengivectomia e a gengivoplastia. Nesta, a cirurgia visa devolver à boca os contornos fisiológicos da gengiva removendo a área que está inflamada.

Já a gengivectomia é indicada para a remoção da bolsa gengival que se forma dos casos da periodontite. Esse procedimento também facilita a raspagem e o alisamento dos dentes, melhorando a saúde bucal.

Você ainda tem alguma dúvida? Então faça o seu comentário e pergunte para  a gente!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário