Você percebe que os seus dentes ficam mais sensíveis em dias frios? Caso a resposta seja positiva, saiba que isso é bem comum. Afinal de contas, a temperatura do corpo humano costuma ser a mesma da boca, que é de 36º e 37º C, enquanto o ambiente externo pode variar entre 10º e 15º C na estação mais gelada do ano. Por isso, é necessário conhecer os principais cuidados com os dentes no inverno.

Como a região bucal fica mais sensível nessa época, existe maior propensão a sentir dor de dente. Aliás, quem apresenta lesões, dentina exposta e outros tipos de trauma sofre ainda mais com essa inversão de temperatura. Sendo assim, a atenção com a cavidade interna da boca deve ser redobrada.

Para isso, selecionamos 7 dicas com o objetivo de ensinar a você como cuidar melhor da saúde bucal durante todo o inverno. Vamos lá?

1. Use cremes dentais específicos

Para não sofrer tanto com a sensibilidade durante o inverno, vale a pena consultar um dentista para que ele possa indicar o creme dental mais indicado ao seu caso. Afinal, esse profissional é o mais adequado para identificar a hipersensibilidade e prescrever o produto específico para tratar o problema.

Durante o inverno, até o ar frio pode fazer você sentir aquela incômoda dor de dente. Por isso, não dá para ignorar esse sintoma e esperar que ele desapareça naturalmente. Por meio da frequente escovação com o creme dental indicado para o caso, a sensibilidade tende a diminuir.

2. Evite bebidas escuras

Com o objetivo de se sentirem aquecidas durante essa época do ano, muitas pessoas usam e abusam de bebidas pigmentadas. O problema é que esses produtos podem prejudicar a saúde bucal ao causar manchas, corrosão do esmalte, cáries e enfraquecimento dentário.

Em geral, algumas das bebidas mais consumidas durante esse período são:

  • café;

  • vinho;

  • cappuccino;

  • chá preto;

  • refrigerante de cola;

  • chimarrão;

  • chocolate quente.

O caso do café com açúcar, por exemplo, é capaz de causar descalcificação e manchas nos dentes. A acidez também afeta a região e é encontrada em bebidas como o vinho tinto e em outros produtos que provocam a erosão dos dentes.

Sendo assim, recomenda-se não ingerir essas bebidas em excesso porque a sensibilidade dentária pode ficar ainda mais acentuada. Sempre que possível, o melhor é evitar o consumo para não comprometer a saúde da região bucal.

3. Escove os dentes corretamente

Ainda que todo mundo entenda a importância de escovar os dentes na frequência e modo correto, não são todas as pessoas que seguem essas recomendações. Junto à temperatura fria com a água gelada da pia, a escovação do dia a dia pode se tornar um pouco mais dolorosa. Ainda assim, ela deve ser feita e compor um dos principais cuidados com os dentes no inverno.

Nesse sentido, após as refeições, é necessário escovar os dentes e passar o fio dental. Esse hábito consegue preservar a qualidade da saúde bucal e evitar que surjam problemas nessa região, como a cárie e o tártaro.

Mas não basta fazer a escovação e ignorar o modo correto de realizá-la. Dessa forma, é importante começar com movimentos circulares, depois escovar as laterais dos dentes superiores e inferiores mais próximos da bochecha, passar pelas superfícies de mastigação dos dentes de cima e de baixo e, por fim, escovar a língua.

4. Lave a boca com água após comer

Em geral, para neutralizar o pH da saliva, é necessário lavar a boca com água após o consumo de bebidas e comidas. Isso é importante, pois, até 40 minutos após a ingestão, é recomendado esperar e não fazer a escovação, já que esse processo pode acentuar o desgaste do esmalte.

Dessa forma, logo após a refeição, é melhor fazer um bochecho com a água da pia sem qualquer produto e, depois do tempo indicado, realizar a higienização bucal normalmente.

5. Trate a sinusite

Quem tem sinusite sofre bastante durante o inverno. Afinal, com essa doença, diversos outros sintomas aparecem, como a dor de dente. A região afetada por essa inflamação é a dos seios paranasais, que também abrangem o seio maxilar onde se encontram as raízes dos dentes molares e pré-molares.

Por isso, quando a sinusite aparece, essas raízes são prejudicadas, causando um desconforto semelhante à dor de dente. Então, se você tem essa doença, o ideal é tratá-la antes que chegue o inverno para que possa enfrentar a estação mais fria do ano sem sofrer com sintomas incômodos.

6. Evite o consumo de doces

Inverno e chocolate combinam muito, não é mesmo? Seja em forma de bombom, bolo, docinho ou bebida, o chocolate se torna um ótimo aliado nos dias mais frios. Por outro lado, ainda que seja delicioso, esse produto não deve ser consumido excessivamente, assim como outros doces em geral.

Isso porque a alta ingestão de açúcar é um dos principais hábitos que estimulam o surgimento da cárie. Então, tanto as queridinhas guloseimas quanto o biscoito recheado podem ser inimigos da sua saúde bucal. Nesse sentido, o melhor a fazer é não abusar do consumo desses produtos.

7. Use escovas de cerdas macias

Ao buscar uma escova de dente, você verá que existem diversos modelos, com variações em relação ao tamanho, funções e tipos de cerdas. Assim, a escolha do produto ideal tem a ver com as características da sua saúde bucal.

Independentemente disso, na maioria dos casos, recomenda-se optar por uma escova de cerdas macias para não causar problemas na região da gengiva e dos dentes. Dessa forma, mesmo que o indivíduo tenha o hábito de fazer a escovação de modo não muito sutil, torna-se mais difícil provocar ferimentos nessa área.

Viu como não é tão complicado adotar os principais cuidados com os dentes no inverno? Combinando todas as nossas dicas no seu dia a dia, você terá condições de encarar essa época do ano com uma qualidade intacta da saúde bucal.

Lembrou de mais alguma dica sobre o assunto que não mencionamos? Então, conte para a gente na caixa de comentários deste post!